O que encontrará aqui:

Conteúdo autoral, insanamente criativo, ebooks para ler e sonhar, resenhas, opiniões e idéias, sobre livros, escritores, cotidiano! Tudo junto em um espaço insanamente democrático!

15 de fev de 2014

Resenha Insana: Trilogia das Flores - Nora Roberts


Resenha Insana: Trilogia das Flores – Nora Roberts
Quem me conhece sabe que entre todas as autoras de romance, a Nora Roberts é a minha preferida. Então, é com muita alegria e entusiasmo que escrevo minha primeira resenha sobre os livros dessa autora. E começo, não por um livro, mas por uma trilogia!
A Trilogia das Flores: Dália Azul, Rosa Negra e Lírio Vermelhos.


Ganhei os livros como presentes de Natal da minha amiga insana Eva Lopes e demorei quase um ano para ler, pois estava envolvida com a escrita do terceiro livro da série santuário.

A trilogia das flores conta as estórias de Stella, Rosalind e Hayley. Três mulheres com idades, personalidades e experiências de vida diferentes, que veem seus destinos entrelaçados. Aliás, “laços” é uma palavra que define bem esses três livros.
A única experiência em comum entre essas três mulheres é a maternidade.
Nora Roberts nos brinda com três mocinhas cheias de atitude, senso  de honra e lealdade. Stella, Rosalind e Hayley, são mulheres fortes, guerreiras, determinadas e sensíveis.


Com a maestria que lhe é peculiar, a autora navega em três realidades diferentes:



Dália Azul conta a estória de Stella, uma mulher com trinta e poucos anos. Casada, com dois filhos e uma situação financeira estável, ela é feliz. Um dia seu mundo desmorona ao receber a notícia da morte de seu marido em um desastre de avião.  É  exatamente nesse ponto que  a estória começa. Buscando um novo caminho Stela muda para o Tennessee e consegue emprego na Harper House, lar da nada convencional Rosalind Harper.  
Rosalind tem quarenta e oito anos. Nascida em uma tradicional e abastada família, casou muito jovem e teve três filhos.  A menina rica e determinada vê sua vida transformada ao perder o marido em um acidente de carro. Sozinha, com uma imensa propriedade para administrar e dois filhos para criar, não tem tempo para cultivar o sofrimento, ao invés disso decide cultivar e vender flores e funda a empresa familiar No jardim, que funciona no jardim da Harper House, seu lar.   
Ainda em Dália Azul, somos apresentados  a jovem Hayley Philips, com vinte e quatro anos, grávida e sozinha, ela bate na porta da familiar distante e pede  um emprego na Harper House.
Mas cadê o mocinho da estória? Vocês devem estar se perguntando. O mocinho da Stella é o paisagista  da No Jardim e se chama Logan. Um mocinho bem ao estilo Nora Roberts. Durão, mal humorado, apaixonado e com pegada.

Estamos falando de um livro da Nora Robers, ou melhor uma trilogia, então nada é tão  simples como parece. Quando acreditamos que já entendemos a estória nos deparamos com o fantasma da Haper House, ou melhor a fantasma, que é conhecida como a Noiva Harper. Ao longo da trilogia também conheceremos um pouco desse personagem intrigante e assustador que canta para  embalar as crianças.



Em Rosa Negra, nos deliciamos com o talento da autora ao nos conduzir através da estória do amor maduro entre Rosalid e Mitchell. Um livro espetacular, que mostra o nascer do amor  em uma fase da vida muito pouco explorada pela grande maioria dos autores. É lindo ver os nuances suaves e sensuais do amor  quanto se está quase com cinquenta anos.
Eu me apaixonei por esse livro e pelo Mitchell que soube respeitar a independência da Roz e conquistar seu  amor e admiração.



Lírio Vermelho conta a estória de amor  da jovem Hayley e do filho mais velho da Rosalind, o  Harper.
Hayley é uma jovem mãe solteira, guerreira e batalhadora, que  se encanta  pela doçura e simplicidade do jovem botânico, filho de sua  anfitriã e amiga, Rosalind.
Harper é o mocinho perfeito. Filho mais velho, herdou da mãe o amor pelas flores. É um jovem  educado e gentil. Enquanto suas criações ouvem música clássica, em seus fones de ouvido sempre está tocando o bom e velho rock and roll.
Se apaixonou pela Hayley quase a primeira vista. Esteve presente nos  momentos importantes da vida dela desde que a moça chegou a Harper House. Quando a Hayley entra em trabalho de parto, ele chega ao hospital com  um enorme buquê de lírios vermelhos e está segurando sua mão quando a pequena Lily nasce.
A relação do Harper com a bebê Lily é encantadora.
Ah, o Harper  é o responsável pelas criações incomuns que dão nomes aos livros: A dália azul, a rosa negra e lírio vermelho, foram criados e cultivados por eles.


A trilogia das flores é mais um sucesso magistral da excepcional Nora Roberts.
Mais do que romance, os livros nos contam como nascem os laços de amizade e amor entre essas mulheres tão diferentes e suas família. Em como três famílias se transformam em única grande, diferente e divertida família. Nora nos mostra que o dinheiro, sem  honra, lealdade e amor, corrói a alma e corrompe a honra.
Leitura mais do que  recomendada.
Conheça a trilogia das flores e se apaixone por seus personagens e suas estórias.
Um grande Beijo
Nina Reis

6 comentários:

  1. Muito boa a tua resenha! adoro a NR, já li quase todos os livros dela. Tenho essa trilogia, mas até hoje, não sei porque, nunca consegui ler...mas agora vou conseguir!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho Janete!
      A Trilogia é excelente, os mocinhos são perfeitas e as mocinhas, do jeito que eu gosto, guerreiras e com muita personalidade.
      Beijos

      Excluir
  2. Nunca li nada da Nora, e confesso que agora fiquei bem curiosa em relação a esses livros. Eu ADOREI! *_*


    Adorei seu blog e já estou seguindo!

    Beijos, Jac
    http://behind-thewords.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia essa trilogia sem medo, é otima.
      Também recomendo Os irmãos Mackade, são quatro excelentes livros!
      Eu estava meio que de saco cheio de tanta mocinha "sem sal", então ler as mocinhas d Nora me fez um bem danado!
      Beijos

      Excluir
  3. Nossa amei, confesso que já tinha ouvido falar desta triologia mais não havia me interessado, mas agora depois que li sua resenha pretendo comprar e ler, muito boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei de verdade a Trilogia, Ana.
      Todos nos emocionam.
      Me apaixonei pela maneira como ela conduz o amor maduro da Roz e do Mitchell, assim como fiquei encantada com a vibração do amor jovem da Hayley e do Harper.
      A estória da Stella e do Logan também é muito bonita.
      Não vai se arrepender!
      Beijos

      Excluir